Gina Rodriguez Brasil » Biografia

Gina Alexis Rodriguez é uma atriz americana de origem Porto-riquenha que tornou-se mais conhecida por seus papéis como Majo Tenorio no filme drama-musical Filly Brown e como Jane Villanueva na CW série de comédia-drama Jane the Virgin.

Saiba mais sobre gina rodriguez Clique aqui

Facebook Oficial

/HereIsGina

Twitter Oficial

@hereisgina

Instagram Oficial

@hereisgina
Siga Gina em suas redes sociais!

Gina Alexis Rodriguez nasceu em Chicago, Illinois em 30 de julho de 1984. É filha de pais porto-riquenhos, Genaro Rodriguez, um árbitro de boxe, e Magali Rodriguez. Ela ficou conhecida por seus papéis como Majo Tenorio no filme drama/musical Filly Brown e como Beverly na novela The Bold and the Beautiful, mas foi como Jane Villanueva na série de comédia-drama Jane the Virgin da CW, que Gina chegou ao auge.
Ela é a mais nova de três irmãs. Sua irmã mais velha Iveliss Rodriguez Simon é uma banqueira de investimento e sua irmã do meio Rebecca é médica.
Gina é dançarina de salsa profissional e “cantora”, ela chegou a gravar um álbum, que nunca foi lançado.
Aos 19 anos foi diagnosticada com hipotireoidismo e só anos mais tarde no inicio das filmagens de Jane The Virgin quando Gina ficou muito doente que finalmente a diagnosticaram com Hashimoto, uma doença autoimune.
Por causa da doença Gina esta sempre cansada, mas mesmo assim ela se esforça para praticar boxe, a depressão é um dos sintomas, por isso ela tenta manter o pensamento positivo e ter boas pessoas ao seu redor.
Gina retratou Frida Kahlo na estreia mundial de Casa Azul, no Reino Unido, chamado os últimos momentos na vida de Frida Kahlo no Stage Theatre americano. E teve quatro anos de formação na Companhia de Teatro do Atlântico e Experimental Theatre Wing, onde se graduou com uma licenciatura em Bellas Artes em 2006.
Quando tinha 15 anos seu pai sofreu um grave acidente de carro e disseram que ele poderia não sobreviver, mas felizmente ele sobreviveu e durante sua recuperação de quase dois anos, seu pai, Genaro, fazia discursos motivacionais para inspirar a atriz, enquanto dirigia para leva-la a escola. Depois seu pai passou a manda-la repetir os discursos em frente ao espelho do carro. Na época, Gina achava que era besteira, mas repetia, pois sabia que ele não a deixaria sair do carro até ela fazê-lo.
Os discursos do pai de Gina funcionaram como um encanto, empurrando à perseguir seus objetivos e nunca vacilar.
Foi pelo seu papel em Jane The Virgin que ela ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz de comédia em uma série de televisão. Gina é apenas a terceira mulher latina na História a vencer o prêmio de melhor atriz no Globo de Ouro. E em seu memorável discurso de agradecimento, disse que estava no palco “representando um povo que quer se ver como heróis”.
E não foi só isso, ela relembrou o que aprendeu com seu pai dizendo: “Meu pai costumava me dizer para repetir a cada manhã: ‘Hoje vai ser um grande dia. Eu posso, e eu vou’. Bem, pai hoje é um grande dia. Eu posso, e eu fiz.”
Gina e seu pai são incrivelmente próximos, e ela está atualmente trabalhando em um livro intitulado I Can and I Will: Tools My Daddy Gave Me (Eu Posso e Vou: Ferramentas que Meu Pai Me Deu).
Gina também é co-fundadora da Naja, uma linha de lingerie que se destina a capacitar as mulheres e ajuda as mulheres colombianas solteiras que ficam em casa para fazer a lingerie, e os lucros obtidos a partir da linha vai para a educação dos filhos desses funcionários. Existem atualmente 30 mulheres na equipe.